Juntos no Desafio - Guia para a promoção de competências parentais

Capa do Livro Juntos no Desafio

17€

* inclui portes de envio

Uma percentagem da venda deste livro reverterá a favor da Associação Portuguesa para as Perturbações de Desenvolvimento e do Autismo - Leiria

Autores

Paulo José Costa

É Doutorando em Psicologia – Área de Especialização em Avaliação Psicológica na Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra com o Projecto de Tese: Avaliação Neuropsicológica da Perturbação de Hiperactividade e Défice de Atenção (PHDA): Diferenças no domínio das Funções Executivas, Atenção, Memória e Linguagem em Crianças e Adolescentes. É Licenciado em Psicologia Educacional pelo ISPA – Instituto Superior de Psicologia Aplicada e Pós-Graduado em Psicologia Clínica e da Saúde. Exerce Actividade Docente no Ensino Superior. É actualmente Assistente de Psicologia do Serviço de Pediatria do Hospital Santo André, EPE (Leiria). Exerce Consulta Psicológica com crianças e adolescentes em prática clínica privada. Autor, co-autor e organizador de diversas publicações no domínio da Psicologia (Actas de Congressos e Artigos Científicos). Os seus interesses de investigação e intervenção centram-se na Avaliação Neuropsicológica, PHDA – Perturbação de Hiperactividade e Défice de Atenção, Dificuldades de Aprendizagem da Leitura e da Escrita, Perturbações Emocionais em Crianças e Adolescentes entre outros temas no domínio da Psicologia da Infância e da Adolescência.

Susana Heleno

É Mestranda em Psicologia Clínica e licenciada em Psicologia pelo ISLA de Leiria. Desenvolveu funções enquanto Psicóloga Estagiária na Consulta de Psicologia do Serviço de Pediatria do Hospital de Santo André, EPE – Leiria, no âmbito do qual foi co-autora e dinamizadora do Programa “Aprender a Ser” – Programa de Promoção de Competências Sociais e Emocionais em Crianças e Adolescentes.

É co-autora (com Paulo José Costa e Carla Pinhal) do livro Juntos no desafio – Guia para a promoção de competências parentais (autores e Textiverso, Leiria, 2010).

Carla Pinhal

É Pós-Graduada em Psicoterapia Cognitivo-Comportamental e Licenciada em Psicologia pelo ISLA de Leiria. Desenvolveu funções enquanto Psicóloga Estagiária na Consulta de Psicologia do Serviço de Pediatria do Hospital de Santo André, EPE – Leiria, no âmbito do qual foi co-autora e dinamizadora do Programa “Aprender a Ser” – Programa de Promoção de Competências Sociais e Emocionais em Crianças e Adolescentes. Trabalha actualmente como Psicóloga no Centro Social e Paroquial de Atouguia (Ourém) – nas valências de Jardim de Infância e ATL.

É co-autora (com com Paulo José Costa e Susana Heleno) do livro Juntos no desafio – Guia para a promoção de competências parentais (autores e Textiverso, Leiria, 2010).

Sílvia Patrício

Nasceu em Vincennes, França, em 1974. Artista Plástica, licenciada pela Escola Superior de Artes e Design das Caldas da Rainha em 2000, cedo começou a trilhar o seu caminho no mundo das artes plásticas. Em 1997 realiza a sua primeira exposição a título individual, em Leiria. Até aos dias de hoje, realizou vários trabalhos e exposições, em Portugal e no estrangeiro, colabora também com o Projecto Artes Novas, numa interdisciplinaridade entre pintura, teatro, música e literatura. Actualmente encontra-se a desenvolver um projecto relacionado com as Lendas de Portugal.

Supervisão e Revisão Clínica

O Défice de Atenção, Hiperactividade e Impulsividade (PHDA), é a perturbação comportamental mais frequente nas crianças em idade escolar, afectando cerca de 7-10% das crianças..

É também a perturbação comportamental mais bem estudada pela investigação médica e aquela que mais cobertura tem tido pela imprensa (quer jornais científicos, quer pela imprensa diária), mas todavia, os Pais, Técnicos de Ensino, Profissionais de Saúde e de Psicologia, continuam a ter dificuldade em compreender essas crianças e principalmente a saber lidar com elas no dia-a-dia, o que condiciona com muita frequência um grande stresse em todos os que convivem com eles, em casa ou na sala de aula, bem como nas actividades sociais.

A principal intervenção terapêutica é baseada na medicação, mas o seu efeito benéfico deve ser complementado por uma atitude comportamental de todos os que lidam com a criança, de modo a que a eficácia se mantenha ao longo do tempo e que o ambiente que a rodeia possa ser estruturado, quer nas atitudes, quer na organização do dia-a-dia.

A Família e os Técnicos de Educação devem aprender como ajudá-los a adquirir o equilíbrio emocional e comportamental para uma melhor adequação ao ambiente. Toda essa aprendizagem necessita de atitudes certas, que devem manter-se ao longo do tempo.

É por esta razão que este livro que agora se publica, vem colmatar uma falha que tem existido na literatura científica em Portugal. De modo simples, numa linguagem acessível a todos, este livro irá ajudar os que lidam com as crianças com PHDA a melhor compreenderem e ajudá-las a organizarem-se, no processo de aquisição dos comportamentos adequados às circunstâncias do meio em que vivem – casa, escola e sociedade.

O Dr. Paulo Costa tem dedicado uma grande parte da sua vida profissional ao estudo e observação das crianças com PHDA e suas famílias, e este livro é o resultado de um saber baseado na experiência. A leitura que já fizemos do livro deixou-nos uma excelente impressão. Julgamos que deve ter uma leitura e uso obrigatórios para todos os que na prática diária lidam e querem ajudar as crianças com PHDA (Pais, Educadores, Técnicos de Saúde e Psicólogos).

Coimbra, 15 de Abril de 2010
Luís de Mello Borges de Castro
Neuropediatra